Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2010

EU ANDO EM FRENTE POR SENTIR VONTADE*

Era para ser um email. Desses que a gente envia com o coração em taquicardia e com um sorriso bobo no rosto. Um email consequência da quantidade de decarboxilização por minuto. Do nível de feniletilamina que insiste em [des]controlar o que nunca teve controle. Era para ser um email, assim, sem explicações, mas aí virou excesso, faltaram as palavras e já parecia romance. Era bem mais que vontade.

[* o título desse post tomou emprestado um verso da música "Janta", do  Marcelo Camelo.]

ALGUMA INTENÇÃO

O dia nem termina e outro já toma conta. Tenho dormido pouco. Tenho estado em vários lugares.  Alguns por acaso, outros por [des]compromisso. Tenho tomado mais café do que antes. Tenho abusado das vírgulas, das pausas, da respiração e isso nada se parece comigo. Você nem sabe, mas eu costumo dizer coisas importantes, que impressionam e provocam sorrisos. Pratico o desperdício e o exagero. Provoco em um parágrafo a nossa próxima conversa até que sejamos íntimos o suficiente para que não precisemos mais dele.