quinta-feira, 26 de julho de 2012

VONTADE


Era passado. Era quase adolescência. Mas deu-se coincidência estarem lá, no mesmo lugar, no mesmo sorriso nervoso, na mesma vontade em [in]fidelidade cúmplice dos seus corpos. Ela já tinha feito dele poesia mal acabada. Ele já tinha esquecido nela, toda falta de propósito. E tudo pertencia, no pretérito, à justa forma deles. 

Mas tempos depois ela esbarrou [já adulta] no verde dos olhos do menino que sempre foi problema. E ele tropeçou [já homem feito] nos passos lascivos da menina que sempre abusou de ser romântica. Eram outros. Eram quase desconhecidos. Mas ainda sustentavam a mania de grandeza de pertencer a eles, neles.

15 comentários:

  1. Texto lindíssimo. É quase incompreensível que tão poucas palavras tenham tanta profundidade.

    Esse ultimo parágrafo é arrebatador.
    Parabéns pelo escrito.

    Quando tiver tempo livre, me visite:
    www.redutonegativo.blogspot.com

    Bom fim de semana,
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Que lindo *-* queria poder escrever assim ): parabeens!!

    ResponderExcluir
  3. Lindas palavras, poucas porém com uma mensagem grande!



    -
    http://desxanel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Um texto curto, mas que fala tudo!
    Parabéns! Adorei mesmo. :)
    E agradeço a sua visita ao meu blog, volte sempre, tá? :)
    Beijos

    P.S.: Estou te seguindo!

    http://papopratudo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nada como pertencer a si própria (o)

    ResponderExcluir
  6. Texto lindo. O adjetivo é esse: lindo. Parabéns.

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito :)

    http://mclaynnebeauty.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. eSSE PERTENCEM EU SENTI QUASE UM EGOISMO...SERÁ?

    http://www.facebook.com/

    ResponderExcluir
  9. Singular, é a apenas uma das formas para traduzir teus textos... espetacular seria outra.
    Enfim.. sempre teus parágrafos me encantando.
    Sempre!

    beijos :)

    ResponderExcluir
  10. ''Ela já tinha feito dele poesia mal acabada.''
    Poesia inacabada. Amores inacabados.
    É sempre assim.

    Adoro tuas palavras.

    ResponderExcluir
  11. Deve ser uma das melhores apaixonadas. Pela distante outra pessoa, mas ainda a mesma.

    ResponderExcluir