sexta-feira, 29 de julho de 2011

AINDA SERÁ AMOR QUANDO NADA MAIS DISSO EXISTIR

Faz tempo que não estamos juntos. Desde sempre, para falar a verdade, mas a nossa não-história é a história mais linda de todas. É quase esquizofrenia [o tempo que não estivemos juntos e a beleza que há em nós] e ainda assim me pego sorrindo contando de você para os outros. Das coisas que fizemos juntos. Das diversas maneiras que você me diverte. Dos seus presentes com mania de grandeza. É quase indecência confessar que não estivemos juntos mesmo tendo o outro por todo tempo. Sempre foi amor, eu sei, ainda que tenhamos estado em outros corpos, em outros olhares, em outras histórias e não na nossa. Ainda será amor quando nada mais disso existir.

26 comentários:

  1. Amor e suas variantes. É amor e ponto mesmo que .... e por aí vai

    ResponderExcluir
  2. gostei bastante, autoria tua? ;) http://apaixonadasporcosmeticos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa, gostei demais desse texto. Me lembrou um texto do Caio F. Abreu, "O dia que Júpiter encontrou Saturno", conhece?

    Beijo!

    Ps. Seguindo! =)

    ResponderExcluir
  4. Aquela história inventada, quase existida. Muito bom

    ResponderExcluir
  5. Oi Tati, adorei o texto. Simples, intenso, sem pieguices, gostei do jogo de palavras. Enfim, a leitura é bem envolvente. No geral, aqui tá cheio de textos bacanas.

    abraço, e obrigado pelo seu excelente comentário em meu blog.

    www.todososouvidos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. ouvi uma musica que nao me lembro de quem: "é sempre amor ainda que acabe..". e quantos amores acabados continuam pra sempre...

    ResponderExcluir
  7. o amor existe....e esta em toda parte...tudo apenas depende de nós...

    ResponderExcluir
  8. Oi Tati, vim retribuir sua visitinha no meu blog. Qto ao seu post: Esses amores insanos são sempre tão sanos e tão intesos que temos vontade de viver o irreal!

    ResponderExcluir
  9. tenho saudade de amar com essa intensidade gostosa... isso ficou tão claro nas tuas palavras. e eu gostei bem de ler-te. tudo um tanto calmo... beijos!

    ResponderExcluir
  10. Aline Rodrigues02 agosto, 2011 01:07

    seus escritos são lindos! que loucura! *________*

    ResponderExcluir
  11. Oi, gostei do seu texto, gostaria de conhecer sua opinião sobre o tema em meu blog:

    http://blogdacapitu.blogspot.com

    1bj

    ResponderExcluir
  12. muito bom seu blog
    ^^


    http://ministerioartecomdeus.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Quando um sentimento em si existe e completa... ainda será, apesar dos pesares!

    ;D

    ResponderExcluir
  14. já comentei este... vou ler a postagem anterior e comentar, ok?

    ResponderExcluir
  15. Ótimo texto, transborda sentimentos.

    ResponderExcluir
  16. Mesmo qdo não for mais amor, será amor pq o amor assim amou a amada amante do Jucelson Amarante.

    ResponderExcluir
  17. Este post me fez pensar em um affair meu. Um garoto metido com mania de grandeza.

    ResponderExcluir
  18. Que lindo! Que próprio! Tanto amor é não-história, tanto amor é projetado e não cumprido, é tempo psicológico que não vira cronológico... já vivi também várias não-histórias, vários amores de nunca estar junto, amores que nem se souberam. Beijos e sucesso no blog!

    ResponderExcluir
  19. palavras lindas, amei o texto garota
    continui assim
    beijo do http://meninos-cor-de-rosa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. nossa.. emocionante o amor de vocês...

    ResponderExcluir
  21. é lindo,parece feito pra mim,sabe que cheguei a ser invejosa agora,pensei,como assim não fui eu q escrevi isso??..rs
    posso publicar???juro dar creditos.

    ResponderExcluir