terça-feira, 10 de dezembro de 2013

SOBRE VOCÊ

Eu queria ter escrito bem mais sobre você. Queria ter prolongado capítulos, estendido predicados, vandalizado as pontuações. Queria ter conseguido descrevê-lo com precisão, com todas as notas de taninos densos e aromas frutados do seu gosto cabernet. Queria que te reconhecessem nas minhas versões de você e que não fosse tão pretérita e imperfeita toda tentativa de te exibir em sabor sofisticado e capa underground. Eu já disse isso antes, mas preciso que todos saibam: você é para poucos. Talvez eu ainda não tenha dito com todas as palavras, mas preciso que saiba: você me estreita em toda intimidade.  

9 comentários:

  1. Palavras que desceram como o calor sensual de um bom vinho...

    ResponderExcluir
  2. Profundo...Às vezes queremos dizer tantas coisas a pessoa amada, e, ao mesmo tempo, nenhuma palavra nos vem a boca, ficando apenas o sentimento...

    ResponderExcluir
  3. amei, me identifiquei muito com suas palavras!
    me faça uma visitinha http://maristelasaldanha.blogspot.com.br/
    grande abraço =*

    ResponderExcluir
  4. Po admito que roubei e mandei sms para minha namorada...rsrs...muito bom!!

    ResponderExcluir
  5. Adorei a ideia de estender predicados. Inspirada. Abraços e sucesso com o blog!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo texto, já tinha vindo aqui há um tempo e tinha gostado, agora decidi seguir o blog de vez :)

    ResponderExcluir
  7. Achei o texto intenso e leve ao msm tempo O.o incrivel.
    Um abraço.

    ResponderExcluir