quinta-feira, 9 de junho de 2011

DOS FINS

Ela: optou pelos diálogos compridos e comprimidos pelas risadas, pelos exageros [des]cabidos de leveza, por aquele amor romântico que todos dizem que um dia acaba, pelas canções cafonas e todas as outras gentilezas. Preferiu a sedução que permitia seus trinta e poucos anos. O direito de não ter de se preocupar com as metáforas, com as ironias ou qualquer licença poética [elas aconteceriam, com ou sem ele].

Ele: optou pelo monólogo, repleto de "eus" esmagados por alguma fraqueza, pelos exageros [des]cabidos de sutileza, por aquele amor volátil que renova a cada boca sem nome, pelas canções que ela preferia, mas por ouví-las alto demais, achou que eram só suas. Preferiu a sedução que permitia seus trinta e poucos anos. O direito de não ter de se preocupar em dividir os dias, os silêncios, as orações subordinadas dela [elas aconteceriam, entendendo-as ou não].

Eles: Ela virou a literatura dele. Ele a observa em seus breves parágrafos mínimos enquanto ela vive com outro amor. Ela o pune com distanciamento. Ele a troca todo dia por um outro breve-amor.

14 comentários:

  1. Que texto lindo cara!
    Não conhecia o blog, mas deixarei nos meus favoritos. Linguagem excelente e uma história real e fantástica.
    Parabéns
    Vou seguir.
    Visita o meu também :D
    http://quaddronegro.blogspot.com/2011/06/existem-motivos-para-recomecar.html
    Valeeu

    ResponderExcluir
  2. Dois apaixonados e cabeça-duras teimosos, no fundo duas pessoas com medo de se entregar ao amor.

    ResponderExcluir
  3. ADOREI!
    E eles, tão iguais em sentimentos, e tão distintos em carne e osso...
    Ps: Senti como se eles estivessem a escolher filmes ou livros, de inicio fiquei com essa sensação, rs

    Beijinhos

    ---
    www.jehjeh.com

    ResponderExcluir
  4. Ela é boa sozinha. Ele é bom, sozinho....Mas ELES, bem...eles são perfeitos!


    seguindo.

    bjo
    http://poeirafina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Pooooxa o final é muito verdadeiro, parabéns ^^

    ResponderExcluir
  6. ^^ bem bacana... me surpreendi com o final :X
    Seguindo o blog
    segue ae tbm
    www.wikeanime.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Muito bom...a vida...o amor...explicitados sem ser clichê ou meloso.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom, e parabéns tb pelo visual do blog.


    http://cinemaparceirodaeducacao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Essa história que "os opostos se atraem" é uma grande enganação...

    Para o amor dar certo, é preciso haver muita coisa em comum, objetivos em comum...

    ResponderExcluir
  10. As pessoas tem várias justificativas para não amar, mas no final acabam se entregando.

    ResponderExcluir
  11. Lindo texto, interessante estrutura. Um roteiro aí Tati; muito bom, como de praxe.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Parabéns pelo seu blog! Muito bom.
    Gostaria de aproveitar a visita para divulgar o meu blog. Trata-se do contra-afronta.blogspot.com, onde temas como política, cultura, comportamento e cotidiano são abordados, tendo como foco principal os problemas da cidade de Salvador.
    Estou aguardando a sua visita.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Gostei bastante do Blog.
    Muito interessante !

    É bom ver a cada dia que passa mais originalidade nessa "blogosfera". :)

    Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir..;
    http://bolgdoano.blogspot.com/

    Muito Obrigada, desde já !

    ResponderExcluir