domingo, 16 de janeiro de 2011

TE ENSAIO

Te exponho como obra de arte. Cometo delitos gramaticais, pessoais e te faço sentimento. Te faço território ocupado. Te empresto linguagem precisa. Te faço descaso. Te exagero e erro. Te ocupo de olhos curiosos e de versões [des]cabidas de verdades. Te faço desculpas. As peço também. E te acomodo em algum [in]cômodo.

22 comentários:

  1. "Desculpas nem sempre são sinceras, quase nunca são"

    Um post curto, porém com um profundo sentido, além de muito bem escrito.

    ResponderExcluir
  2. Primeira vez que venho em seu blog... Parabéns! Simples e profundo. Bom domingo :)

    []'s

    ResponderExcluir
  3. De repente anestesiado diante do texto, pequeno, sincero e livre.
    Bom domingo.

    ResponderExcluir
  4. Tati,
    Com quem você anda ensaiando? Um texto pequeno, mas de grande conteúdo.
    Por isso você faz parte dos colaboradores dos Los Burrachos.
    Falando neles, Agora a cultura ganhou mais um espaço para mostrar o seu trabalho. O site Los Burrachos: http://www.losburrachos.com.br/
    Espero você e seus seguidores lá e no meu blog: http://visaodeumburrachosolitario.blogspot.com/
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto comparando uma relação com algo personificado (ou alguém em processo de enaltação artística). Simples e curto, mas carrega todo um poder de evocação em cada palavra que se desdobra a cada palavra, tornando o texto uma espécie de gatilho para uma boa reflexão sobre os mais variados temas socialísticas (pois como disse acima, o texto traz uma certa relação e, cabe ao leitor identificar uma no texto e refletir sobre isso). Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. As palavras foram poucas e profundas, diretas. acho que esse "te empresto linguagem" seria tão essencial em todos os relacionamentos...

    adorei!
    Ingrid Brasilino
    http://www.ingridbrasilino.com

    ResponderExcluir
  7. Você tem um jeito lindo de descarregar o peso em palavras leves. Mas aconselho cuidado se estiver transformando realidade em ficção. Eu mesma acabei confundindo os limites...

    ResponderExcluir
  8. Gostei do texto, muito bom, você conseguiu fazer aquilo que é difícil, um texto com conteudo, mas pequeno. Parabéns!

    http://nadaaverpontocom.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. bem legal hehe ^^

    trollagemvirtual.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. lindo o texto!

    vim retribuir a visita ao meu blog

    bj

    ResponderExcluir
  11. Este, de fato, é um texto que nos faz refletir. Simples e com um jogo de palavras incrivel. Portanto, diz muito por ser tão intenso!!!

    Adorei, minha flor.
    Parabéns!!!!

    www.nicellealmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Verdadeiramente lindo!
    Parabéns ;)

    ResponderExcluir
  13. Gostei, belo texto, conciso.
    O final ficou ótimo com o prefixo ocupando o cômodo.

    abç
    Pobre Esponja

    ResponderExcluir
  14. Belo texto.
    Adimito: Não gosto de textos grandes, o seu eu li e amei!
    curto e com conteudo parabéns!

    ResponderExcluir
  15. Lindo, Tati! Fazia um tempinho q eu não passava por aqui mas, tudo continua como antes, sentimento à flor da pele. Bjo.

    ResponderExcluir
  16. Texto belo, assim como uma conversa honesta

    ResponderExcluir
  17. Um bom texto, uma postagem simples mas lotada de sentimento.

    ResponderExcluir