segunda-feira, 14 de setembro de 2009

ARTE DE AMPLO ESPECTRO

"Cuide de Você" poderia ter sido apenas a última frase de um e-mail de despedida. Poderia parecer [in]delicado. Poderia ser [des]necessário. Poderia ser tudo isso junto e ainda assim ser apenas uma maneira [des]cuidada de pedir cuidado. Mas quando você está diante de "Cuide de Você", na versão da Sophie Calle [aquela que recebeu o tal e-mail do até então namorado, terminando a relação por e-mail], você vê cores, vê movimentos, vê [dis]sabores que não são dela de fato, mas são tão bem desenhados e articulados, que você [quase] se deixa enganar. Afinal, ela não respondeu ao e-mail. Ela não telefonou pedindo satisfações. Ela enviou o e-mail para 107 mulheres e pediu que cada uma delas interpretasse a tal "carta" de acordo com suas profissões. Disso, fez uma exposição de um sentimento que não é dela, mas é como se fosse. Como ela mesma diz: "Uma forma de ganhar tempo antes de romper. Uma maneira de cuidar de mim".
A exposição esteve em São Paulo semanas atrás, e confesso ter saído de lá tentando [também] ganhar tempo antes de romper parágrafos que não são tão meus. E convenhamos: romper laços que não mais existem requer sobriedade, e às vezes ela me falta.
Fotografias da exposição: "Cuide de Você", por Sophie Calle
Sobre Sophie Calle: http://www.sophiecalle.com.br/

17 comentários:

  1. O que eu acho mais interessante de tudo isso é que a subjetividade do que se expõe transcende toda a resposta auditiva, verbal ou, maniqueistamente, fotográfica. É o entender diferente de tudo o que obviamente pensamos... quem pode, em razão de amor ou ódio, desejar cuide-se bem assim... não tem percepção de quantos sentimentos desperta.

    Perdi... e é uma pena.

    Bjs e aqui aproveito para te agradecer pelo comentário lá no dogMas... és um presente o que me dissestes.




    dogMas...
    dos atos, fatos e mitos...

    http://do-gmas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante, não conhecia Sophie Calle, e nem a história dela, mas com certeza vou passar nas fotografias e no site. Achei interessante a idéia de pegar opiniões diferentes para fazer uma exposição, muito bem pensado.
    Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Vou passar la nas fotografias pra conferir...

    Interessante...

    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Eu me desafio com os seus desafios.

    Saudades.





    dogMas...
    dos atos, fatos e mitos...

    http://do-gmas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Conferindo...
    Parabéns
    Bom Texto
    www.ciadosbotecos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. ela fez isso...mulher de coragem...de atitude...

    ResponderExcluir
  7. Gostei sinceramente do seu jeito de escrever. Aguarde minha visitas em breve ;)

    WWW.TEORIA-DO-PLAYMOBIL.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir
  8. Tá, pode parecer clichê, pode parecer também que eu não tive saco para ler a sua postadem sobre as coisas [des]necessárias da Sophie, mas não, não é clichê.
    Adorei seu blog, sua nuvens de tags, que alías, me diz como faço para ter uma, seu layout, a sua forma de escrita e todos esses asuntos [ir]relevantes que me atraem a ler e ler e ler cada vez mais, vou seguir e voltar mais vezes para ver as novidades.

    ResponderExcluir
  9. Querida amiga avassaladora... Interessante alguem que teve um relacionamento termindao por email dar o nome de "Cuide de voce" a uma exposição de fotos.Pela descrição, fotos de expressão artistica.
    espero que a autora da expo tenha sabido "cuidar de voce".

    ResponderExcluir
  10. olhe, te digo uma coisa...uma das coisas mais dificeis na minha opiniao é romper laços....putz

    ResponderExcluir
  11. a exposição é ótima. Já fui ver duas vezes aqui em Salvador.

    ResponderExcluir
  12. certo! se eu passar lá e conseguir, entro em contato e mando um para você ;)

    ResponderExcluir
  13. Oi, Tati!

    Primeiro, obrigado por sua visita e comentário lá no Grooeland. Fico agradecido e deixo o convite para retornar sempre que quiser, fique à vontade!

    Bom, o que eu posso dizer é que gostei daqui também, e logo de cara do título "Analgésicos e opióides". E da nuvem de tags. E dos textos, das ideias, enfim, do conceito, como você mesma se referiu ao Grooeland.

    E se não me engano esta exposição da Sophie Calle esteve (ou está, não sei) por terras baianas. Vou procurar saber um pouco mais.

    Até e volte sempre!

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Descobri seu blog procurando matérias sobre analgésicos e opióides a muitos dias... e fiquei perdida, absorta em [seus]pensamentos! adoro o que você escreve, e a maneira como escreve! Deu vontade de voltar pra uma velha vida de blogueira...

    Beijos, Claudia

    ResponderExcluir
  16. Cláudia, obrigada por vir aqui e me contar que tem "me lido" há alguns dias... deixe seu e-mail, algum contato. De repente [como farmacêutica que também sou] te ajudo na busca de matérias de analgésicos e opióides... Abs.

    ResponderExcluir
  17. Mas isso falta a todos, linda. E só vemos o quanto não fomos sóbrios com o passar do velho e maldito ou bendito tempo.

    Achei o tema da exposição interessante, quando ouvi falar. Uma pena não ter passado por Brasília. Também teria ido lá, tentar romper parágrafos que poderiam ser meus.

    ResponderExcluir