terça-feira, 23 de junho de 2009

O PLURAL DOS OUTROS LUGARES

Ela já tinha dançado alguns descompassos, em outros passos, usando outros sapatos. Era dona de trechos ritmados. Era dona do plural dos outros lugares. Lugares que não eram seus de fato. Lugares que já foram conjugados. Fora dos modos. Fora dos gêneros todos.

20 comentários:

  1. Eu ainda acho que você vai criar uma nova léxica, ou gênero, ou regência, ou morfologia, ou sintaxe.

    Enfim, está criando uma nova maneira.

    ResponderExcluir
  2. Já estive em outros sapatos,em outras trilhas...Vesti caminhos,e recomendei destinos...Os prazos da metragem da vida sempre são oportunos e remediados,nunca censurados...Minha querida amiga:menina,mulher...Saia andando sempre nestas tuas trilhas sonoras da inspiração e do coração...Porque de resto,o mundo te espera de textos...

    ResponderExcluir
  3. Descompassos, sapatos, trilhas que não são suas, não são minhas, não são de ninguém apenas trilhas.

    ResponderExcluir
  4. Meu dia não está para filosofar...O que absorvo entre trilhas e descompassos é que nada pode ser controlado...

    ResponderExcluir
  5. Tati,adorei.
    Vc já criou sua estética!
    Bjs e apareça!

    ResponderExcluir
  6. Olá, gostava de saber qual o teu endereço de email, uma vez que estou sempre a receber actualizações do teu twitter como sendo meu! Obrigada. Marta

    ResponderExcluir
  7. Ela era ou ainda é dona de tudo? :]

    ResponderExcluir
  8. Que se saiba conviver com a pluralidade - que é na verdade o nosso modo primário. Mente quem diz que o ser humano é naturalmente solitário. Ele é plural, mesmo seja uma pluralidade mantida por ele mesmo: pela própria individualidade.

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. legal...escreve bem

    abordei sobre personagens insolentes de hollywood no blog

    http://publicandobr.blogspot.com/2009/06/insolencia-no-cinema-primeira-parte.html

    ResponderExcluir
  10. Oiiii adorei o teu blog me ajuda como façopara colocar música no blog. criar tipo um playlist? Favor me ajudeee

    grato

    www.blogpedrojunior.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Seu pedido é uma ordem... mesmo na tarefa louca dos 12 textos estou aqui...r.s.s

    Plural é ser inteiro... revisto em amplos sentidos. É ser imune ao abissal unânime.

    Bjs moça e viu o dia que escolhi para ti? 07... representa julho... seu mês... a diferença entre o meu 12 e o se 19.

    Té,






    A saga dos 12 textos já começou... Venha conferir no dogMas, diariamente, de 01 a 12 de julho em comemoração ao meu aniversário.


    dogMas...
    dos atos, fatos e mitos...

    http://do-gmas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Fora apenas do ridículo padrão. Ousadia!!

    ResponderExcluir
  13. Ola falando diretamente do blog muitas palavras novamente, respondendo suas indagações:)

    Sobre a sugestão de poema, quis falar de Emily Dickison, uma grande poetisa americana.

    Seu blog tb eh bom demais! Cuide-se e até breve.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Tati, bem legal a sua escrita!
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Eu achei um bom site para você ler os poemas dela:
    http://www.poetry-archive.com/d/dickinson_emily.html
    Estão todos em inglês, não sei se você lê bem em inglês. Senão, tenta em português também. Há boas traduções, mas procura as boas traduções, porque no original são muito bonitos. Eu não me lembro muito da história dela, mas parece que era muito tímida, vivia isolada, mas é hoje admirada como uma das maiores poestisas americansa e mundiais. Creio que Clarisce e Hilda leram muito Emily Dickinson, pela sua simplicidade e ao mesmo tempo força de alma em sua poesia.
    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  16. Gosto muito da simetria com que pontuas suas frases, prosas, enfim.

    E começando a ler isso, lembrei de outra música, Feliz, da Maria Rita.

    ResponderExcluir
  17. muito bom, adoro escritos assim...
    bons dias

    ResponderExcluir