segunda-feira, 19 de maio de 2008

PARÊNTESES

[ele responde ao parênteses dela]:

Assíncrono não-romance. Feito de passos descuidados. (E compassos escolhidos). Tom sobre tom. Tom sobre Jerry. Tolo Tom. Tolas epístolas. Nossas melodias alheias. Multifônicas, dissonantes. Pois para cada silêncio uma risada. Envolta por seus parêntesis. Minhas incertas exclamações - essas reticências estranhamente urgentes.
[ele insiste em dar versões para sua primeira e imposta impressão]:

Um homem para uso tópico. De utópico uso. Para abuso absurdo. E este surdo objeto de abjeto uso, do qual me acuso.
[ela acha que o não-romance dele é sinestesia... ele usa do anomimato como presença ausente e ela acha isso uma graça... ele diz que é pra uso tópico, mas é ela quem entende dessas coisas... ele impõe regrinhas idiotas sobre nós dois, e ela as cumpre, só para puní-lo... ele é o dono dos dois parênteses poéticos gostosinhos acima... ela sou eu em versão pós-moderna.]

20 comentários:

  1. MUITO INTERESSANTE ESSE JOGO DE PALAVRAS, ESSES TROCADILHOS. ISSO ME FEZ LEMBRAR UMA FRASE DE UM POETA SERTANEJO ESPECIALISTA EM TROCADILHOS. DISSE ELE SOBRE UM POEMA DE TROCADILHOS QUE OUVIRA: "QUE TROCADALHO DO CARILHO"
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  2. Muito legal!! Só q eu fiquei muito confuso... =/

    ResponderExcluir
  3. Eu li o primeiro, e nesse você se superou. Esse jogo de palavras que utiliza é muito bom!
    Parabéns!
    http://maynabuco.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. E eu espero que mude. Sinceramente...

    ResponderExcluir
  5. Se ele eh não-romance quer dizer q áinda tenho chances c/ vc.

    ResponderExcluir
  6. Thiago Quintella20 maio, 2008 09:48

    Deve ser isso tudo aí mesmo!! hehehe

    ResponderExcluir
  7. Perdoe-me a sinceridade, mas se trata obviamente apenas de um pouco de poesia ruim (e até meio idiota)...

    Trocadalho do carilho?!?!

    ResponderExcluir
  8. "Um homem para uso tópico".

    "Tolas epístolas"...


    Teu texto, instigante, é delicioso de se ler!


    Abraços, flores, estrelas..

    ResponderExcluir
  9. Dito e Feito! Tom sobre Jerry...comédia....

    ResponderExcluir
  10. Gostei...achei novo, uma nova linguaguem...continue, achei bem pessoal suas palavras...
    Abraços

    ResponderExcluir
  11. 1. Sim, você já falou. E me sinto verdadeiramente lisonjeado.

    2. "Feito de passos descuidados. (E compassos escolhidos). Tom sobre tom." Sou amante da música (e metido a músico). Eu também queria ter escrito isso...

    3. Deixa eu confessar outra coisa (não é a primeira vez que confesso algo por aqui): Quando eu escrevo, faço de primeira, sem correções ou leituras. Quando publico e leio o texto inteiro, vejo como uma coisa só, um parágrafo único, com a métrica e a melodia que imagino enquanto escrevo. Mas só quando alguém "pica" um parágrafo ou uma frase e comenta é que percebo que as vezes elas, desculpe-me a falsa modéstia, soam especialmente bonitas ou líricas...

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  12. Muito legal a idéia de trocadilhos, perguntas e respostas. Muito criativo.

    ResponderExcluir
  13. Muito bom

    vc ja pensou em escrever uma historia com esta base de historia?


    Meu Blog : Blog Do Philipe

    ResponderExcluir
  14. Aaaaah, eu amo isso aqui! Não preciso dizer mais nada, preciso?

    ResponderExcluir
  15. O jogo das palavras deram um Tom interessantíssimo.
    Esse vai que não volta, e volta e vai...

    Adorei isso. Parabéns!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. É uma linguagem difícil mas se encaixou muito bem no texto!Apesar de que devo confessar que me perdi um pouco dentro das palavras..
    Mas ficou bom.
    ta de parabéns... é boa para a escrita.

    bjinhu

    ResponderExcluir
  17. texto bem sincronizado, ironico e sincero ao mesmo tempo ....
    gosto muito de sua escrita!!

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  19. Adorei o jogo de palavras.
    Perfeito, como sempre :)

    ResponderExcluir