sexta-feira, 2 de maio de 2008

ABOUT A BOY

Algumas referências desnecessárias. Alguns “p.s” fora de ordem. Mania de dizer as coisas por impulso ensaiado. Um riso fora de propósito que me desconcerta. Deliciosamente você não é bom de improvisos. Não sabe a diferença entre ser e estar. Provoca-me em intervalos dissonantes. Faz-me esquecer-te em descuido precário. Pensa em mim como poesia curta. Imagina que eu não sei desenhar sua versão pós-moderna e assim, se esconde em traços que já conheço.

[ele desconfia das minhas armadilhas literárias, mas ainda não improvisou nenhum discurso sobre isso]

23 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Clap, Clap, Clap (palmas onomatopéicas). Simplesmente fantástica essa armadilha. Será que ele já sabe desvendar? Lembre-se: os homens são menos tolos do que presumem as mulheres...

    E de fato estou pensando em criar uma comunidade no orkut: "tenho medo do ciclo menstrual feminino".

    Hormônios: ame-os ou aceite-os.

    ResponderExcluir
  3. apaixonada, migam? quem é o sortudo que vai cair na sua trama? ehehhehhhhe... não, não quero respostas! ehehehehhe...

    ResponderExcluir
  4. T,

    Em Tom & Jerry, por algum motivo insondável, eu sempre torci por Spike, o bulldog. E eu acho que os homens são ainda mais tolos do que presumem as mulheres...

    T

    ResponderExcluir
  5. Hum... quem será esse "boy"?
    Acho ótimo esses "joguinhos de sedução"!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu só espero que ele seja tão inteligente como vc, se não, coitado!

    Adorei seu texto, voltarei mais vezes!

    Passa lá pra conhecer a gente tb, tá?

    Abração.

    http://babelpontocom.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Posso ser ele?
    Casa comigo?
    Acho que é o pedido n. 3454555 e tah na hora de aceitar.

    ResponderExcluir
  8. aramdilhas literárias....
    otimo....
    bjksss


    www.daniilopes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. gostei muito dos seus textos, das brincadeiras com as palavras ("impulsos ensaiados" muito bom).
    sua escrita é bem boa.
    té a próxima.

    ResponderExcluir
  10. Porque já foi provado cientificamente que os homens só conseguem fazer uma coisa de cada vez, por isso as múltiplas escolhas.

    De outra forma, nada será.

    ResponderExcluir
  11. Olá poetisa.

    Vi seu blog no Orkut.
    Adorei os gatos!

    Olha, tem horas que vejo que HOMENS NÃO AMAM...

    ResponderExcluir
  12. Nota analgésica e opióide: eu não estou falando de amor no post. "About a boy" é mais um exercício literário inspirado em alguém que eu acho que conheço. E quando digo "ele desconfia das minhas armadilhas literárias mas ainda não improvisou nenhum discurso sobre isso" não o chamo de tolo, talvez eu espere que haja esse discurso. Apenas isso, simples assim.

    Vinícius, estrogênios e progestagênicos são os culpados da complexidade, da chatice e da meiguice das mulheres. Eu ainda acho que vocês deveriam amá-los. Risos.

    Mr. T., eu sempre torci pelo Tom porque acho suas intenções incompetentes o suficiente para não considerá-lo mau. Ele é ingênuo. Ele sim é tolo. (ah, mas eu gosto tanto dele... risos)

    ResponderExcluir
  13. PS1 - Vc nunca fala de amor; tudo são apenas exercícios, sempre.

    PS2 - Talvez vc realmente tenha uma certa predileção pelos tolos. Mesmo pelos auto-assumidos.

    PS3 - Eu tb sempre apreciei a aparição das pernas da dona do Tom.

    T

    ResponderExcluir
  14. AINDA...mas tem tantas referências aí que daria para escrever uma tese. Sem improvisos!

    ResponderExcluir
  15. Impressionante como vc consegue dizer coisa pra caralho e de uma forma que realmente nos faz imaqgiunar coisas num texto tão curto. Parabéns, Tati. Bjão.Poesia curta ? mas diz mto. Bj.

    ResponderExcluir
  16. Thiago Quintella03 maio, 2008 10:48

    Uhahaha Armaidilhas Literárias vem em boas doses de impulsos ensaiados!!! Excelente!!

    ResponderExcluir
  17. bom..
    naum gosto de comentar assim de cara no post mais recente
    mais bati o olho
    li e adorei
    entao
    comentei aqui
    muito bom
    http://mundodepk.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Bem faz ele, pelo menos por enquanto, a retórica tem que servir gelada! rs

    Muito bom!

    ResponderExcluir
  19. PASSE NO MEU BLOG, QUANDO QUISER.
    http://lusaid.zip.net

    ResponderExcluir
  20. Pois é, e lá se vão quase três anos em que eu passei essa noite solitária em São Paulo; cidade que eu adoro, apesar das dicotomias.

    E aqui estou eu, a versar sobre mais do mesmo...

    ResponderExcluir
  21. Ah,as armadilhas do amor,a diferença intranquila daquilo que queremos traçar tranquilos,belo texto minha amiga,e Tati(risos)atualizei por lá...Como percebi os carinhos existentes fui obrigado a ter que dar um jeito da coisa andar,mas andou sublime...:) te adoro,bjoes

    ResponderExcluir