sábado, 5 de abril de 2008

PEDAÇOS DE ALGUM ABRIL

Às vezes ela acha que sabe das coisas que ele nunca disse e se distrai em teorias breves e coloridas. Ele preenche espaços vazios com discursos caretas, diálogos monocromáticos, tensão apaixonada. Ela não sabe muito sobre espaços vazios. Ele sorri. Ela observa. Ele sabe dançar. Ela o abraça em ritmos leves. Ele antecipa os dias. Ela adia compromissos. Ele fez meia dúzia de escolhas erradas. Ela tenta consertar os erros que não são dela. Ele acha que sentir saudades é cafona. Ela acha que o amor é verbo mesmo quando substantivo. Ele acha que o amor é predicado. Às vezes ela acha que sabe das coisas...

24 comentários:

  1. Sinceramente... eu acho que "ela" eh uma pessoa feliz!

    http://visaocontraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente perfeito.Foda.Cada vez melhor.Bj.

    ResponderExcluir
  3. E eu apesar de não entender nada de merda nunhuma me arrisco a dizer que "macaco tá certo!". Meu beijo.

    ResponderExcluir
  4. interessante....



    www.h4ck3rik.com

    ResponderExcluir
  5. "Ela acha que amor é verbo mesmo quando substantivo" é um achado, menina.
    Vc resumiu bem a discrepante visão entre homens e mulheres num texto criativo, simples.
    E lírico, mesmo quando narrativo.
    Valeu.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  6. Gostei do seu blog! Limpo! Sereno...Vou visitá-la!
    Se cuida.





    http://muitaspalavras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. temos um nome para 'ele'? aahhh, janaína, deixa de ser curiosa! o seu tb foi 'ele' por muito tempoo! hauahuahuahuahua...

    ResponderExcluir
  8. "ela" existe? é uma descrição de alguem?

    e ah, tu disse q meu post t fez sentir saudade do teu pai, eu acho q isso é bom, sentimos saudade do que foi bom,né?

    beeijos

    ResponderExcluir
  9. Jah quero casar com vc e se vc for ela aí quero casar agora.

    ResponderExcluir
  10. "Ele fez meia dúzia de escolhas erradas. Ela tenta consertar os erros que não são dela"

    Isso é o que eu chamo de uma situação onde um não faz nada para conquistar o outro...

    Eu acho que na "velhice", ela vai ter motivos de orgulhar-se de si. Ele vai morrer perguntando: "o que eu fiz da minha vida?"

    ResponderExcluir
  11. Interessante a contradição existente entre "ele" e "ela". Talvez, por isso mesmo eles se completem...

    Bjokas!

    Adorei a visita!

    ResponderExcluir
  12. Bonito.... Gostei do pequeno texto... Parece me duas pessoas apaixonadas, pessoas diferentes mas apaixonadas, um pelo outro... Bonito ver o amor dessa forma... bonito ver q de uma forma ou de outra eles acabam se completando
    Belo blog!!!

    bjsssssssssss

    http://ccbds.zip.net/

    ResponderExcluir
  13. Às vezes ela é assim tão normal quanto a qualquer um.. com doses certas de ilusões e eternas convicções.

    Gosto do que escreve.

    Bjão,



    Texto de hoje: enQuAdrEs...

    Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

    O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

    ResponderExcluir
  14. Lindo texto..."ela" me lembra alguem!

    ResponderExcluir
  15. otimo post você escreve muito bem
    parabéns!!!!

    http://universitariosfai.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Ps:algumas observações,ahieuhiaha
    tenho nome sim, pod me chamar de jonathan botelho.
    bjos

    ResponderExcluir
  17. Ela acha que sabe das coisas...

    Mas tomara que se questione, sempre!

    Abraços, flores, estrelas..

    ResponderExcluir
  18. sabe que eu adoro esses teus textos pequenininhos assim meio sem começo e sem fim?!

    Adoro textos que são extremamente simples e ao mesmo tempo extremamente profundos. Adoro o teu jeito de mostrar que não é preciso ser prolixo para fazer boa prosa.

    ResponderExcluir
  19. Legal seu post ... "Às vezes ela acha que sabe das coisas" (me parece familiar rs)....o seu blog é muito bonito!

    Visita o meu..
    http://vivianesobral.zip.net

    ResponderExcluir
  20. Muito bom. Excelente mesmo...

    Bom, evita-se o sofrimento quando já se sofreu demais. Quando os calos somam-se aos montes, a gente começa a tatear melhor por onde anda...

    Porque meu coração é valente. O danado bate muito, mas já está cansado de apanhar...

    ResponderExcluir
  21. Muito legal o Poema ^^ Romântico!

    ResponderExcluir