Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2007
Depois de trinta (texto escrito pelo meu querido amigo Jordan, o maranhense mais carioca do que muitos cariocas,) Depois de trinta anos deixastes tua última lágrima cair.Depois de trinta;em que carregou nos bolsos os amigos comunicativos e teimosos.O vento lhe traz carnavais antigos,de um mundo que esvaziava copos e dançava por madrugadas bacantes em salões.Certamente hoje está seco.E aquelas juras de amor já não é mais canto de suas mensagens,tantos poemas enrugados e abafados...quis se livrar...Mas lembra de todos,quando o uísque te invade.No bolso leva beijo de mulheres,brigas,amores dissolvidos,febre,outros amigos,as conversas na biblioteca,uma dedicatória numa página.Teu espelho não te perdoa,implacável,inimigo;quando acorda pelos dias com fios brancos.Depois de trinta desaprendeu a sambar,hoje o que te conserva é uma seresta tocada ao fundo.O vento lhe traz vozes antigas:eu te amo...você é um grande amigo...terá mesmo que partir?Me dá um beijo...escuta,é a tua música...Depois de …

THE PIANO, por Aidan Gibbons